Identidade

Um projeto educativo diferenciador

“A educação tradicional era essencialmente retrospetiva. O modelo universal e a tradição cultural eram dados e a tarefa do aluno era absorver essa tradição e as ferramentas intelectuais a ela associadas. (…) Nas condições dinâmicas da atualidade, tornou-se óbvia a necessidade de uma educação prospetiva e não retrospetiva. (…) Os alunos devem ser capazes de abordar problemas que ainda não existem no momento da sua aprendizagem escolar. Para alcançar essa capacidade, o aluno deve ser orientado para o conhecimento produtivo e não reprodutivo. O conhecimento deve aparecer portanto, não na forma de resultados e soluções, mas como um processo autoral.”

Adaptado de Kozulin, 1998

Pretendemos contribuir para que a criança cresça com Arte, valorizando a expressão livre e a criatividade, dando espaço e condições para que a criança seja interveniente e desencadeadora do seu próprio desenvolvimento. Os modelos pedagógicos pelos quais orientamos toda a nossa praxis são Reggio Emilia e Movimento da Escola Moderna.

No colégio Catarina de Bragança acreditamos que a aprendizagem ocorre, principalmente, através do sentido e do significado que as crianças atribuem às coisas e aos factos. Acreditamos que se aprende participando ativamente.

Diariamente, é nosso objetivo, formar um conjunto amplo de metodologias que abranjam não a instrução de crianças, mas sim a sua construção.

Valorizamos a criança enquanto ser único, com necessidades específicas e que, ao seu ritmo, se desenvolve, encontrando as respostas adequadas e específicas em cada fase do seu desenvolvimento global.

A arte, a literatura e o desporto, estão presentes no dia a dia da nossa escola e nas pequenas coisas. Valorizamos a arte através das expressões e por isso o currículo nas várias valências integra, a música, as artes visuais, o jogo dramático / teatro, a dança e a educação física. Os livros e os autores estão presentes na vida dos nossos meninos desde bebés, através de projetos diversos como “Histórias de colo” ou “Histórias de mão em mão”.

Pretendemos que as nossas crianças desenvolvam a criatividade, através da exploração livre e diversificada e através do contacto com diferentes formas de expressão artística. Procuramos que as crianças sejam intervenientes ativos e que acrescentem “bocadinhos” a um projeto, que a cada ano cresce e se transforma num projeto que é de todos!

Segundo os princípios do Movimento da Escola Moderna, a escola é um espaço onde se iniciam práticas de cooperação e de solidariedade de uma vida democrática. Assim sendo, defendemos que as crianças devem criar, com os seus educadores, um ambiente em que se reúnam todas as condições materiais, afetivas e sociais, e onde cada um se sinta motivado para obter novos conhecimentos. O MEM assenta num projeto democrático cooperativista de formação social, propondo um currículo baseado nas perguntas e motivações da vida real. O papel da escola deverá ser o de proporcionar uma aprendizagem que tenha um significado social, através da troca de conhecimentos, numa interação constante com a comunidade.

A abordagem Reggio Emília permite uma maior consciencialização das diversas linguagens das crianças, proporcionamos diferentes possibilidades de ações coletivas e construções compartilhadas como forma de construir o dia a dia na Escola. Cada criança é única, singular e por isso precisa ser escutada nas suas possibilidades e diferentes formas de expressão. Acreditamos que a escola é um espaço social e socializador, de acesso e produção de cultura e conhecimento. O nosso desafio é promover a autonomia moral e intelectual das crianças por meio da educação, oferecendo para isso um espaço educativo e de cuidados, onde as crianças, família e educadores são protagonistas e compartilham de relações interpessoais afetivas, claras, verdadeiras e de parceria, tendo o diálogo como importante ferramenta de trabalho.

Academia CCB

Academia de Música e Dança CCB

Visita Guiada

Visita Guiada

Projetos 1º ciclo

image

Projetos Pré-escolar

image

Autenticação CCB